bandeiraRecentemente o comandante da Guarda Revolucionária iraniana, o general Mohammad Ali Jafari, afirmou que Israel será destruído em breve pelo Hezbollah libanês, informou a agência iraniana Fars.

"Em um futuro próximo, assistiremos a destruição do micróbio canceroso de Israel pelas potentes mãos dos combatentes do Hezbollah", afirmou o general Jafari, que comanda o exército ideológico do regime iraniano.

Seria razão de imensa preocupação, se esta afirmação já não tivesse sido feita diversas vezes ao longo da História pelos inimigos de Israel. Não é de hoje que a idéia de riscar o povo judeu do meio da humanidade foi expressa não só por palavras, mas atos cruéis e inconcebíveis.

Hamã, Ântioco Epifânio e Hitler são apenas alguns exemplos. A existência de Israel sempre incomodou e por isso por inúmeras vezes tentou-se seu extermínio, total ou parcial.

A questão é que a existência de Israel não é uma decisão a ser tomada por gregos, alemães ou iranianos. Esta é uma decisão de Deus. Ele não apenas escolheu Israel para seus propósitos.

Ele criou Israel. Chamou da Ur seu patriarca e revelou-lhe seu plano e propósito. Independente do anti-semitismo ou do sionismo, Israel vai sempre existir. É o Deus eterno quem decide isso. Não é o general iraniano ou mesmo o presidente de Israel. 

Assim diz o SENHOR, aquele que designou o sol para brilhar de dia, que decretou que a lua e as estrelas brilhem de noite, que agita o mar para que as suas ondas rujam; o seu nome é o SENHOR dos Exércitos: “Somente se esses decretos desaparecerem de diante de mim”, declara o SENHOR, “deixarão os descendentes de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre”. (Jeremias 31.35,36)

O atual Estado de Israel foi fundado em 1948 sob a ameaça dos árabes que diziam ser capaz de exterminá-lo em uma semana. Completa agora sessenta anos, tendo sobrevivido a pelo menos 4 guerras diretas e inúmeros atentados terroristas. É difícil confiar mais em ameaças humanas do que nas promessas divinas. Israel prevaleceu não pela sua capacidade ou força, mas pela capacidade e força de nosso Deus.

E vamos dar um passo a mais em nossa confiança nas promessas divinas. A nação judaica não apenas sobreviverá, mas receberá um destaque ainda maior no futuro e isto será uma bênção para todas as nações da terra.

Novamente pergunto: Acaso tropeçaram para que ficassem caídos? De maneira nenhuma! Ao contrário, por causa da transgressão deles, veio salvação para os gentios, para provocar ciúme em Israel. Mas se a transgressão deles significa riqueza para o mundo, e o seu fracasso, riqueza para os gentios, quanto mais significará a sua plenitude!. Pois se a rejeição deles é a reconciliação do mundo, o que será a sua aceitação, senão vida dentre os mortos? (Romanos 11.11-15)

Não subestimemos os homens poderosos, mas confiemos no Deus Vivo, verdadeiro Senhor da História.

Por sua vontade Israel subsistirá PARA SEMPRE. EOLAM ISRAEL!

Por Eguinaldo Hélio de Souza

#Compartilhar

Comentários   

 
0 #3 mirlenia 16-04-2018 13:45
:-)
Citar
 
 
0 #2 download minecraft 09-10-2014 15:58
Ahaa, its pleasant dialogue regarding this article here at this webpage, I have read all that, so now me also
commenting at this place.

Visit my site download minecraft: https://delicious.com/juveniletag7433
Citar
 
 
0 #1 minecraft games 28-05-2014 20:39
I enjoy, cause I discovered exactly what I used to
be having a look for. You've ended my four day lengthy hunt!
God Bless you man. Have a great day. Bye
Citar
 

Adicionar comentário

Se o seu comentário for considerado de forma ofensiva ou fora da política do website ele irá ser excluído.


Código de segurança
Atualizar