chanukah

Data no Calendário Hebreu: 25 de Kislev até o segundo de Tevet (novembro e dezembro)

Referências bíblicas: Daniel 8: 22-25/ 11: 20-45/ João 10: 22-42

“CHANUKAH” (A palavra significa: dedicação no hebreu) ‘e uma celebração a Deus por sua fidelidade e livramento. Esses acontecimentos festivos aconteceram durante o período inter-testamental, aproximadamente no ano 165 a.c.

 

Durante os 100 primeiros anos, Alexander o grande, conquistou todo o velho mundo do leste mediterrâneo. De sua morte prematura, quatro dos seus generais dividiram o seu império. A área da Judea eventualmente ficou de baixo do controle de Antiochus IV “Epiphanes”.

Antiochus tentou forçar os judeus a aceitar a cultura grega, chegando a profanar seus templos sacrificando porco no altar e levando uma estatua de Zeus no Santo dos santos! Esta foi à primeira “abominação de profanação” e foi profetizada por Daniel (11:31-32).

Finalmente, os judeus se revoltaram. Embora muito mais numerosos e poderosos, eles lutaram corajosamente e expulsaram os gregos em 165 a.c. reconquistando a cidade e o templo.

Havia apenas o suficiente do óleo especial queimando no templo no menorah para o último dia e levaria oito dias para preparar mais. Eles deixaram o menorah aceso de qualquer modo, e o óleo milagrosamente queimou por 8 dias enquanto preparavam mais.

Então começou a Festa da dedicação para celebrar esse milagre, do grande livramento de seus opressores e a dedicação da mais nova limpeza do templo.

Yeshua (Jesus) entrou em Jerusalém para a Festa da Dedicação, e na área do templo Ele proclamou sua divindade: “Eu e o Pai somos um” (João 10:30).

Hoje Chanukah ‘e celebrado com um candelabro de 9 hastes. Oiti delas lembram os 8 dias do óleo que milagrosamente queimou, quanto a nona haste, ‘e a vela “servo” que ‘e usada para iluminar as outras. Cada noite durante os 8 dias de festa, mais que 8  velas são acesas, uma na primeira noite, duas na segunda noite, etc, até que todas as oitos, mais a vela “servo” ficam brilhosamente queimando nas casas judias na última noite. ‘E também chamado de “Festival das Luzes” e também ‘e freqüentemente acompanhada com trocas de presentes.

Chanukah celebra uma de muitos dos livramentos do povo judeu daqueles que tentarão novamente exterminá-los.

Na história recentemente temos dois terríveis exemplos disso: os Pograms (Extermínio) na Rússia e o Holocausto. Ainda assim, o povo de Deus está vivo até hoje, e de volta para a sua própria terra, Israel, apesar de tanta contrariedade.

Mas o inimigo não desistiu, e ele esta tentando e ira tentar exterminá-los novamente. Ore para Deus livrar o seu povo, e para soprar o fôlego do Espírito em seus corpos reavivados (Ezequiel 37:14) restaurando completamente para Ele.

Imprensa Sim Israel

07/12/2010

#Compartilhar