Primeiro Museu da História da Inquisição no Brasil

museuPrezados irmãos amigos e mantenedores da AMES e da BHT , shalom!

Chegamos de Israel e de Portugal na semana passada e somente agora tive um tempinho para relatar a vocês grandes novidades.

HaShem tem abertos grandes portas nós. Primeiramente, em Israel adquirimos objetos de grande valor histórico, como um pedaço de uma Torá Casher Sefaradita de 500 anos, portanto, da época da Inquisição. Adquirimos vários objetos e mesmo uma Torá Sefaradita de pequeno tamanho, também muito antiga proveniente dos judeus marroquinos que foram expulsos da Espanha. Em Portugal, também ganhamos lamparinas da época medieval e outros objetos que foram encontrados nas escavações da antiga sinagoga de Castelo de Vide. Os prefeitos de Belmonte, Trancoso e Castelo de Vide estão em parceria conosco neste projeto do primeiro museu da história de Inquisição. Ou seja, nós divulgaremos a restauração das judiarias portuguesas e eles divulgarão nosso trabalho em Portugal.

museu-2.jpgOutra surpreendente noticia é que já fomos procurados por três grandes universidades que desejam fazer parte de nosso projeto, a Universidade Católica de MG, a UFMG e a Universidade de Haifa em Israel. Essas parcerias com universidades abrirão grandes perspectivas no campo cultural e de pesquisas sobre a história dos Anussim, os conhecidos marranos iberos lusos-brasileiros.

Agora, estamos na fase final, com a data marcada para inauguração, dia 19 de agosto de 2012. Será um desafio muito grande cumprir esta data em que estaremos completando 11 anos de fundação da Abradjin. Precisamos ainda de R$ 50 mil reais, no mínimo, para conclusão dos painéis, armários de vidro, sistema de multimídia e mobília. O mais caro, pela providência divina, já está tudo pronto e pago, a grande reforma da casa.

Portanto, estamos contando com sua colaboração nesta fase final, fazendo sua oferta financeira ao museu da Abradjin. Qualquer importância será muito bem-vinda. Se nos for possível, queremos fazer um painel com os nomes, homenageando esses colaboradores.

Este projeto é de fundamental importância para resgate da memória perdida dos Anussim brasileiros. É hora em que vemos os judeus do mundo todo retornando à sua terra e os Anussim não serão exceção à essa profecia divina. É hora em que vemos o movimento judaico messiânico se espalhar pelo mundo e os judeus conhecendo seu Messias verdadeiro.

Nosso Centro de Cultura e Memória Anussim (CCMA) oferecerá ao público uma coletânea de raríssimos livros sobre a Inquisição, além de um mini-auditório com recursos de multi-mídia onde serão apresentados filmes e documentos sobre a Inquisição que durou quase três séculos e meio. Além da exposição de fotos, gravuras, textos e de pequenos objetos, contaremos também com um banco de dados para pesquisas sobre a história e origem do povo judeu como um dos colonizadores do Brasil, coletando e listando nomes e sobrenomes judaicos desses importantes colonizadores, dos quais muitos foram condenados e executados pela Inquisição.

O Centro Histórico da Inquisição estará aberto às visitas de professores de História e alunos, que desejam enriquecer o conteúdo programático do currículo escolar e estará também aberto a todos os interessados, principalmente, para as Igrejas.

Em anexo, enviamos-lhe um folheto contendo maiores informações sobre nosso projeto, bem como os dados bancários para doações. Contamos com sua ajuda.

No sincero shalom,
Marcelo Miranda Guimarães

Diretor-Presidente

Banco Itau, S.A.Agencia 4508 – Conta 12276-1

CNPJ – Abradjin-AMES – 01617384/0003-10

C.P. 2177 - CEP 31270-310

Belo Horizonte-MG

Tel 031-3498-1761 –

acesse: www.anussim.org.br

e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

acesse: www.ensinandodesiao.org.br

“… e os espalharei entre as nações e foram dispersos pelas terras...mas, vos tirareis dentre as nações e vos congregarei de todos os países e vos trarei para a vossa terra...e poreis em vós o meu Espírito e vivereis e vos poreis na vossa terra...assim eles serão o meu povo e Eu serei o seu Deus...” (Ezequiel 36:19,24;37:14,24)

#Compartilhar