Polícia rompe conspiração terrorista planejada contra Jerusalém

soldado-israel"O anjo do Senhor acampa-se ao redor do que os temem e o livra." ​(​Salmo​s​ 34:7​)​.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu expressou calorosas palavras de louvor, nesta quinta-feira(27) para o Shin Bet (Serviço Secreto de Israel) e IDF(Força de Defesa de Israel) após a revelação de que um ataque terrorista em grande escala, patrocinado pelo grupo terrorista radical islâmico Hamas e planejado para ser realizada no Estádio Teddy Kollek, em Jerusalém, foi desmantelado.

Ataques planejados contra o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) da capital, carros-bomba e seqüestros de israelenses na Cisjordânia e no exterior também foram abortados pela prisão de dezenas de agentes do Hamas nas últimas semanas. Netanyahu disse que os esforços dos serviços de segurança tinham conseguido um grande golpe "contra o Hamas que visa contestar a existência de um Estado nacional judeu e, essencialmente, contesta a existência de judeus em geral".

A Partilha da Palestina

"Quem jamais ouviu tal coisa? Quem viu coisas semelhantes?Poder-se-ia fazer nascer uma terra num só dia?" (Isaías 66:8a)

No próximo dia 29 de novembro, estarão completando 67 anos da histórica Assembleia Geral da ONU, presidida e com muito trabalho, pelo brasileiro Osvaldo Aranha, que determinou a "Partilha da Palestina", com votação de 33 votos a favor, 13 contra e 10  abstenções. Não houve, portanto, o voto de minerva, como muitos ,erroneamente, ouviram falar!

Na resolução 181, então aprovada, foi mencionado 29 vezes o "Estado Judeu".

Até hoje, após mais de seis décadas, nenhum país vizinho de Israel aceitou endossar o fato de o "Estado Judeu" ter prioridade existencial para amparar e abrigar o povo judeu, disperso por mais de 2.000 anos, em seu estado original: Israel.

O que garantiu a existência de Israel, nestes 66 anos de independência, foi a poderosa mão do Deus Eterno, além o idealismo de seu povo e a alta tecnologia desenvolvida para protegê-lo, como o revolucionário sistema antimísseis Iron Dome(Cúpula de Ferro).

Grupos terroristas e milionários

"os filhos das trevas são mais hábeis em suas obras que os filhos da luz" (Lucas 16....)

A revista "Forbes" – sim, aquela da lista de milionários– publicou recentemente um ranking mais peculiar, mas infelizmente relevante à região: o das organizações terroristas. Sem muita surpresa, o Estado Islâmico encabeça a lista com uma fortuna anual de US$ 2 bilhões – o maior pé de meia terrorista na história. O segundo colocado é o Hamas, que há alguns meses disputou com o Exército de Israel uma violenta guerra na faixa de Gaza, com US$ 1 bilhão anual.

Segundo a revista, esses grupos terroristas se financiam por meio de uma série de operações, como o tráfico de drogas e a extorsão. No caso do Estado Islâmico, , uma das principais fontes de renda é o contrabando de petróleo. Mas no caso de Hamas e Hizbollah conta também um outro rol de financiamentos, como doações internacionais e agências de governo.

A lista da "Forbes" israelense não pode ser lida, é claro, sem o contexto político. O segundo e o quarto colocados são, afinal, dois dos principais inimigos de Israel na região. A relação dessas riquezas também tem impacto político na reconstrução de Gaza, já que atores internacionais mais de uma vez expressaram preocupação diante das constantes doações internacionais à facção palestina, acusada de corrupção e de ter, por exemplo, usado cimento para construir túneis terroristas, em vez de estruturas de governo. Após a guerra deste ano, foi prometido um repasse de US$ 5,4 bilhões ao Hamas.

Imagens que falam por si: Mulheres israelenses, soldados israelenses

Antes do Facebook, selfies e Instagram mudarem a representação de meninas para sempre, Iris Hassídico Segal levou sua câmera para o acampamento base 80 para retratar as mulheres jovens em seus primeiros passos na hierarquia militar.

O fotógrafo Iris Hassídico Segal retrata as meninas e as mulheres jovens, em imagens, em diferentes fases ao longo da construção de sua identidade pessoal. Colocando ênfase em sua linguagem corporal, em sua aparência, suas roupas, seus gestos e suas poses, ele investiga os efeitos que a cultura ocidental, a mídia e as redes sociais têm sobre a representação de meninas em várias séries fotográficas.

Reuniões de meditação nas Escrituras Sagradas e Oração por Israel: Informe-se.

O Boletim de Notícias SHALOM é um serviço gratuito de informações e intercessão pelo povo de Israel, seus irmãos e vizinhos. É sustentado por doações dos leitores e produzido pelos CRISTÃOS AMOROSOS sendo enviado para os mais de 3.000 dos nossos contatos.

O conteúdo fotográfico é sujeito às leis de Direitos Autorais. Não use sem permissão do detentor dos direitos autorais.

Editores: Ana Cristina Vale e Capelão Luiz Alberto Machado.

Fontes: ICEJ News, Folha de São Paulo, Rua Judaica, O Alef, Coletivo Judaico e Bíblia Sagrada.

Quer anunciar sua empresa? Entre em contato. Shalom Adonai, em nome de Jesus!

CRISTÃOS AMOROSOS​

"Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai mansamente ao coração de Jerusalém. Bradai-lhe que já é findo o tempo da sua milícia..." (Livro do profeta Isaías 40.1-2)

​Colabore com a Campanha Mundial:​ ​

"AMAR SEMPRE, Holocausto nunca mais!"

Que culmina, inicialmente, com a entrega do Prêmio Daniel aos sobreviventes do Holocausto nazista, realizado​ em diversas capitais do Brasil e do mundo:

Banco Itaú

Ag: 6220  C/c: 66.100-0

ICEJBR.or

#Compartilhar