Marinha Israelita preparando-se para interditar os "visitantes"

nic002_a

Grandes forças navais israelitas estão estacionadas no porto de Haifa para "prevenir um precedente na abertura de uma rota marítima não supervisionada para Gaza": Fontes autorizadas informaram que a operação será "relativamente simples", mas foram colocadas grandes forças para "minimizar os impactos".

 

Três navios carregando mísseis estão há três dias atracados no porto de Haifa, aguardando a "visita" dos "amigos" dos terroristas de Gaza.

Várias vezes adiada por "avarias várias" a partida desta "frota de solidariedade" continua em stand-by, estando um dos navios de guerra israelitas à espera para "receber" estes não-convidados e muito menos desejados visitantes.

Segundo as autoridades israelitas, os provocadores tentarão fazer crer que os israelitas são "os maus", pelo que as ordens dadas às forças de Israel é para que mostrem contenção e não respondam a provocações, fazendo apenas o estritamente necessário para a concretização da missão, nem mais nem menos.

A Marinha israelita tentará levar os barcos dos invasores "a bem" até Ashdod, mas em caso de desobediência terá de fazê-lo pela força. E está nesse direito, pois esses esquerdistas estão penetrando em águas territoriais de Israel, sob capa de "ajuda humanitária" - completamente injustificada nesta fase - mas obviamente com fins unicamente provocatórios.

#Compartilhar